Guerra civil na Síria: veja a cobertura completa
Internacional Israel realiza ataque aéreo na Síria; ONG afirma que há 11 mortos

Israel realiza ataque aéreo na Síria; ONG afirma que há 11 mortos

Governo israelense confirmou ação de retaliação contra alvos militares sírios e iranianos; caças voaram sobre a capital, Damasco

israel ataca síria

Mulher é atendida em Damasco após ataques israelenses

Mulher é atendida em Damasco após ataques israelenses

SANA via Reuters / 20.11.2019

Aeronaves israelenses atacaram dezenas de alvos militares sírios e iranianos na Síria nesta quarta-feira (20), matando 11 pessoas, segundo o grupo de monitoramento Observatório Sírio dos Direitos Humanos. A mídia local também noticiou a morte de dois civis.

O ataque teria como alvo principal instalações da força de elite Al Quds, a filial estrangeira da Guarda Revolucionária do Irã. Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, instalações de armazenamento de armas e munições pertencentes à Al Quds foram destruídas.

Já o governo de Israel anunciou ter realizado centenas de ataques contra alvos iranianos que tentavam se estabelecer de forma permanente na Síria e contra carregamentos de armas avançadas destinadas ao Hezbollah, milícia libanesa apoiada por Teerã. A ação foi uma retaliação a foguetes disparados contra seu território um dia antes.

Ataques em Damasco

A mídia estatal síria afirmou que as defesas aéreas da Síria destruíram a maior parte dos mísseis disparados por caças israelenses sobre a capital Damasco antes de estes atingirem seus alvos.

Na madrugada desta terça-feira, o sistema de defesa aérea israelense interceptou quatro projéteis lançados da Síria para as Colinas de Golã ocupadas, depois que foram identificadas em Damasco uma série de explosões que a mídia local atribuiu a Israel. O país, no entanto, não costuma se pronunciar a respeito.

"Deixei claro que feriremos quem quer que nos fira", disse o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, na manhã desta quarta-feira.