Internacional Isso é lugar? Cães de Biden fizeram cocô no chão da Casa Branca

Isso é lugar? Cães de Biden fizeram cocô no chão da Casa Branca

Incidente aconteceu após animais do presidente terem retornado de uma breve estadia na casa da família em Delaware 

Major e Champ retornaram à Casa Branca no dia 21 de março

Major e Champ retornaram à Casa Branca no dia 21 de março

MANDEL NGAN / POOL / AFP

Os cachorros do presidente Joe Biden parecem ainda estar se adaptando ao ambiente da Casa Branca. Isso porque, nesta quarta-feira (31), um dos animais de estimação do chefe executivo do país fez cocô no chão do local.

Segundo uma jornalista norte-americana que estava fazendo a cobertura no local, afirmou que viu os dejetos em frente à sala diplomática da residência oficial do presidente dos Estados Unidos. Contudo, não se sabe ao certo qual dos cães de Biden teria feito isso.

Essa situação se junta a um indício anterior de que os pastores alemães do presidente ainda não estão totalmente habituados ao ambiente. Isso porque, nesta segunda-feira (29), Major, o cão mais jovem de Biden, teria mordido um funcionário da Casa Branca durante um passeio.

O funcionário em questão foi prontamente atendido pela unidade médica do local por precaução, mas logo depois retornou ao trabalho sem nenhum ferimento grave causado pela mordida do cachorro.

Essa foi a segunda vez no mês de março que os animais de estimação do presidente morderam alguma pessoa da Casa Branca. No dia 8 deste mês, Major e Champ teriam ferido um funcionário que trabalha na segurança do local e, por conta disso, foram enviados para a casa da família no estado de Delaware para que fossem treinados.

Eles retornaram à sede oficial do governo dos Estados Unidos no dia 21 de março e pouco mais de uma semana voltaram a causar estes incidentes. Ao que parece, são os animais de estimação que estão tendo problemas para se adaptar ao ambiente presidencial, e não Joe Biden.

Últimas