Coronavírus

Internacional Itália ultrapassa marca de 75 mil mortes na pandemia de covid

Itália ultrapassa marca de 75 mil mortes na pandemia de covid

De acordo com balanço do governo, número de óbitos registrado hoje marca o quinto dia consecutivo de redução nos dados diários

Itália supera 75 mil mortes por covid-19

Itália supera 75 mil mortes por covid-19

Guglielmo Mangiapane/Reuters - 1.1.2021

A Itália registrou neste domingo (3) mais 14.245 casos e 347 mortes na pandemia do coronavírus nas últimas 24 horas, elevando os totais de contágios e óbitos para 2.155.446 e 75.332, respectivamente, de acordo com o Ministério da Saúde.

De acordo com o balanço, o número de óbitos registrado hoje marca o quinto dia consecutivo de redução nos dados diários.

Em relação aos novos casos, o país somou mais 14.245, elevando o número total para 2.155.446 de contaminações desde o fim de fevereiro.

Segundo o Ministério da Saúde, depois do aumento nos últimos dois dias, a taxa de positividade dos testes para detectar a covid-19 voltou a cair, atingido 13,8% em comparação com 17,6% de ontem. Ao todo, foram realizados 102.974 exames nas últimas 24 horas, um acréscimo de 35,8 mil em relação à quantidade feita neste sábado (67.174).

Até agora, o país europeu tem 1.503.900 pessoas recuperadas e 576.214 casos ativos, que descartam as mortes e as curas, com uma redução de 848 pessoas que lutam contra o coronavírus entre ontem e hoje.

Já o número de pacientes internados continua a aumentar. No total, 23.075 estão internados em diversos departamentos médicos e 2.583 estão hospitalizados em unidades de terapia intensiva.

Atualmente, todo o território italiano está classificado como "zona vermelha" de risco de transmissão, que prevê regras semelhantes às do lockdown vigente no início da pandemia. A medida deve expirar a partir de 7 de janeiro, e o governo do primeiro-ministro Giuseppe Conte está reunido para debater novas medidas após a data.

Últimas