Novo Coronavírus

Internacional Japão detecta nova variante em homem vindo das Filipinas

Japão detecta nova variante em homem vindo das Filipinas

O Ministério da Saúde japonês afirmou que essa nova cepa já havia sido localizada em pacientes filipinos desde o fim de janeiro

  • Internacional | Do R7, com EFE

Japão já registrou 445 mil casos e 8,5 mil mortes por conta da covid-19

Japão já registrou 445 mil casos e 8,5 mil mortes por conta da covid-19

Franck Robichon / EFE - EPA - Arquivo

As autoridades do Japão detectaram uma nova variante do coronavírus em um viajante que chegou das Filipinas, onde já havia sido descoberta, e que poderia apresentar um risco sanitário ainda maior do que as cepas mais comuns, segundo afirmou a imprensa japonesa neste sábado (13).

Leia também: EUA, Índia, Japão e Austrália fazem pacto por vacinas para Ásia

A variante é diferente das que foram descobertas no Reino Unido, África do Sul e Brasil mas, assim como elas, pode ser mais resistente à imunidade gerada pelas vacinas já disponíveis no mercado, segundo os detalhes divulgados pelo Ministério da Saúde japonês.

A nova cepa foi detectada em um homem de cerca de 60 anos, que chegou ao Japão pelo aeroporto internacional de Narita, perto de Tòquio, o principal do país. Ele teve um exame positivo para covid-19, mesmo sem apresentar sintomas da doença.

Casos nas Filipinas

As autoridades japonesas também ressaltaram que a variante já havia sido identificada anteriormente dentro das Filipinas desde o fim de janeiro. Desde então, já foram registradas mais de trinta contágios com essa cepa.

O Ministério da Saúde alertou para o aumento de casos observado no país durante as últimas semanas, de contágios pelas novas variantes do coronavírus, incluindo as do Reino Unido. Brasil e África do Sul.

Com o objetivo de frear a propagação dessas novas cepas, o Japão mantém suas fronteiras fechadas desde dezembro, a não ser para a volta de cidadãos japoneses ou de estrangeiros com residência no país. Até este sábado, foram registrados mais de 445 mil casos de covid-19 e 8,5 mil mortes no território nipônico.

Últimas