Japão registra mais de mil casos de covid-19 pelo 3º dia seguido

Governos de Tóquio e Osaka vão pedir para lojas fecharem temporariamente ou reduzirem horário de atendimento para reduzir riscos de contágio

Japão tem recorde de novos casos de coronavírus

Japão tem recorde de novos casos de coronavírus

Issei Kato/Reuters - 30.7.2020

O Japão registrou pelo 3º dia consecutivo mais de mil casos diários de coronavírus, e teve um novo recorde na sexta-feira (31), com 1.578 infecções. As cidades de Tóquio e Osaka estão estudando pedir que comerciantes diminuam o tempo que as lojas estão abertas ou que fechem temporariamente para controlar o número de novas infecções.

A nova onda de casos preocupa as autoridades, já que os contágios não param de subir e estão se espalhando nas zonas urbanas. O país tem mais de 37 mil casos e 1,2 mil mortes.

Na capital Tóquio, a governadora Yuriko Koike alertou que mais comércios podem ter que encurtar o tempo de atendimento depois que a cidade registrou 463 casos na sexta-feira. Apesar da decisão de limitar o horário das lojas em certas áreas e

setores, as autoridades estão preocupadas com os impactos que isso pode ter na economia.

“Se a situação piorar, teremos que declarar um estado de emergência apenas na região de Tóquio”, disse. Ela também pediu que os cidadãos não se descuidem durante o verão.

Estabelecimentos que vendem álcool e karaokês terão que fechar mais cedo a partir da segunda-feira (3) até o final de agosto.

Mesmo com o aumento no número de casos na cidade, que já tem mais de 12 mil infecções, o secretário-geral do Gabinete do Japão Yoshihide Suga disse que a porcentagem de casos sérios ainda está abaixo do registrado em maio e abril.

Medidas em Osaka

Em Osaka, estabelecimentos que vendem álcool no distrito de Minami, conhecido pela vida noturna, ficarão temporariamente fechados ou com horário de atendimento reduzido do dia 5 ao dia 20 de agosto.

Lojas que não tem medidas de proteção contra o coronavírus terão que ficar fechadas, e estabelecimentos que adotaram medidas de restrição terão o horário reduzido.