Johnson crê que Reino Unido vencerá pandemia em 3 meses

Primeiro-ministro também disse que dentro de um mês deverão começar testes para uma vacina contra o novo vírus na região

Reino Unido está considerando comprar um "teste de anticorpos"

Reino Unido está considerando comprar um "teste de anticorpos"

LEON NEAL/ EFE/ EPA/ 19.03.2020

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson disse nesta quinta-feira que está confiante de que a epidemia de coronavírus no Reino Unido poderá ser revertida dentro de 12 semanas se as pessoas seguirem as recomendações do governo.

- Tire suas dúvidas no especial do R7 sobre coronavírus -

O país se prepara para o fechamento de escolas por tempo indeterminado a partir de amanhã, enquanto Londres encerrou o funcionamento de 40 estações de metrô para tentar conter a epidemia. Por outro lado, o Executivo não impediu o funcionamento de lojas nem restringiu o deslocamento da população.

No entanto, Johnson salientou que, no momento em que os especialistas perceberem que as recomendações não estão funcionando, serão tomadas medidas mais duras. "Nada está excluído", frisou o chefe do governo em entrevista coletiva em sua residência oficial, em Downing Street.

Segundo o premiê, o Reino Unido vem considerando comprar um "teste de anticorpos" para permitir que as pessoas saibam se já tiveram a Covid-19, doença que já matou 137 pessoas no país.

"Ainda é cedo, mas se funcionar como os criadores esperam, vamos comprar centenas de milhares desses testes, o que pode potencialmente mudar toda a situação. Quando você sabe que já passou por isso, você provavelmente é menos vulnerável e menos contagioso", afirmou.

Johnson também disse que dentro de um mês deverão começar testes para uma vacina contra o novo vírus no Reino Unido, ao mesmo tempo em que um ensaio clínico já começou a estudar a eficácia de medicamentos que podem combater a epidemia.