Brexit: Reino Unido fora da União Europeia
Internacional Johnson "soa derrotado" após votação sobre Brexit, diz Sturgeon

Johnson "soa derrotado" após votação sobre Brexit, diz Sturgeon

Primeira-ministra da Escócia publicou mensagem criticando premier britânico no Twitter logo após deputados votarem mudança de prazo

Primeira-ministra da Escócia critica Boris Johnson no Twitter

Primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon

Primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon

Hayoung Jeon / EPA - EFE - 18.9.2019

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, afirmou que o premiê britânico, Boris Johnson, "soa desmoralizado e derrotado" após o Parlamento do Reino Unido ter aprovado neste sábado (19) uma emenda que o obriga a solicitar um adiamento do Brexit.

Leia mais: Parlamento britânico adia decisão sobre novo acordo de Brexit

A Câmara dos Comuns (câmara baixa) aprovou uma emenda que força Johnson a enviar uma carta a Bruxelas para pedir um adiamento do Brexit até 31 de janeiro, já que não pôde ratificar um acordo de saída no Parlamento. Sturgeon definiu a situação como "um duro golpe" para o "acordo ruim" de Johnson.

"Excelente: a campanha perdedora de Johnson continua e, o que é mais importante, as suas promessas contraditórias ao ERG (o grupo de conservadores que defende um Brexit sem acordo) e aos rebeldes trabalhistas, e o seu acordo ruim no geral, podem estar sujeitos a um apuração real", escreveu Sturgeon no Twitter.

A mensagem de Sturgeon foi publicada após a emenda ser aprovada e, por causa disso, o governo britânico ter retirado a votação do pacto, o qual Johnson deve voltar a propor aos parlamentares na semana que vem.

Visivelmente incomodado, Johnson ressaltou que não negociará com os líderes da União Europeia (UE) nenhum adiamento da data de saída.