Era Trump

Internacional Juiz dos EUA suspende publicação de livro da sobrinha de Trump

Juiz dos EUA suspende publicação de livro da sobrinha de Trump

Obra que seria lançada em julho traz memórias da filha do irmão mais velho do presidente dos EUA e o chama de 'homem mais perigoso do mundo'

  • Internacional | Da EFE

Livro trazia revelações sobre a família de Donald Trump

Livro trazia revelações sobre a família de Donald Trump

Tom Brenner/Reuters - 17.6.2020

Um juiz do condado de Dutchess, no estado de Nova York, suspendeu temporariamente nesta terça-feira (30) a publicação do livro "Too Much and Never Enough: How My Family Created the World's Most Dangerous Man" ("Demais e nunca o suficiente: Como minha família criou o homem mais perigoso do mundo", em tradução livre), escrito por Mary Trump, sobrinha do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Leia também: Os livros que tiraram o sono de Donald Trump na Casa Branca

A ordem judicial é uma vitória temporária para o autor do pedido, Robert Trump, irmão do presidente. O juiz responsável pelo caso solicitou que a sobrinha de Trump, seus advogados e a editora Simon & Schuster compareçam ao tribunal no dia 10 de julho para escutar seus argumentos, segundo a imprensa local.

De acordo com as alegações da família Trump, o livro viola um acordo de confidencialidade relacionado à herança de Fred Trump, pai do presidente e avô de Mary Trump, que morreu em 1999.

Batalha jurídica

A suspensão preliminar vem uma semana após um juiz do distrito do Queens, de onde os Trump são originários, ter recusado um pedido similar da família do presidente.

O advogado de Mary Trump, Ted Boutrous, disse que recorreria contra a decisão do juiz de Dutchess e considerou a ordem uma "violação da 1ª Emenda", que garante o direito à liberdade de expressão.

"A ordem de restrição temporária do juiz de primeira instância é apenas temporária, mas continua sendo uma restrição que viola profundamente a 1ª Emenda. Apelaremos imediatamente", destacou Boutrous, ao acrescentar que o livro aborda "assunstos de grande interesse público e importância sobre um presidente em exercício no ano eleitoral" e que não deve ser bloqueado "nem sequer por um dia".

A editora Simon & Schuster descreve o livro de Mary Trump como un retrato "revelador e crível de Donald Trump e a família tóxica que o criou". Mary é filha de Fred Trump Jr, o irmão mais velho do presidente e que morreu em 1981

O texto, segundo a editora, oferecerá "uma luz brilhante sobre a obscura história da família para explicar como seu tio se tornou o homem que agora ameaça a saude, a segurança econômica e o tecido social do mundo".

Últimas