Coronavírus

Internacional Justiça autoriza mais 2 semanas de toque de recolher na Catalunha

Justiça autoriza mais 2 semanas de toque de recolher na Catalunha

Restrições durante a noite continuam em mais de 200 municípios da região autônoma, por conta da propagação da variante Delta

AFP
Catalunha tem quase metade dos leitos de UTI ocupados por pacientes de covid

Catalunha tem quase metade dos leitos de UTI ocupados por pacientes de covid

Josep Lago / AFP - 4.8.2021

A Justiça espanhola autorizou, nesta quinta-feira (5), a prorrogação até 20 de agosto do toque de recolher noturno em quase 200 municípios da Catalunha para combater a propagação do coronavírus.

Leia também: Espanha vai enviar 650 mil doses de vacina para América Latina

Em despacho recebido pela AFP, o Tribunal Superior de Justiça da Catalunha deu sinal verde para estender esta medida decretada pelo governo regional, proibindo deslocamentos não essenciais entre 1h e 6h locais, e também autorizou sua ampliação de 163 para 176 localidades - as mais afetadas pela covid-19.

Na Catalunha, há 631 pessoas com coronavírus internadas em unidades de terapia intensiva, mais do que o dobro em Madri, a segunda. No momento, 47,27% dos leitos de UTI dessa região costeira de 7,8 milhões de habitantes estão ocupados por esses pacientes. Trata-se do dobro da média nacional.

A incidência acumulada de 14 dias na população de 20 a 29 anos ultrapassa os 3.300 casos a cada 100.000 habitantes.

Para tentar conter essa escalada, o governo catalão retomou o toque de recolher noturno, em meados de julho, para grande parte da região, limitando reuniões e atividades dos setores de lazer e entretenimento. Bares e restaurantes fecham, em geral, à 00h30.

Agora, a taxa geral é de 710 casos de covid-19 a cada 100.000 habitantes na Catalunha, e 633, em nível nacional.

Últimas