Londres adotará restrições para tentar frear propagação da covid-19

Número de pessoas que podem se reunir ao ar livre ficará restrito à seis e está proibido se encontrar com pessoas que não morem na mesma casa

Londres aplicará novas medidas de restrição

Londres aplicará novas medidas de restrição

Hannah McKay/Reuters - 15.10.2020

A cidade de Londres vai passar a um nível mais rígido de restrições para conter a pandemia do novo coronavírus, com a proibição, a partir da meia-noite de sexta-feira (16), de reuniões fechadas entre pessoas que não morem na mesma casa, segundo deputados afirmaram à emissora pública BBC.

O prefeito de Londres, Sadiq Khan, já havia dito aos meios de comunicação hoje que a capital da Inglaterra iria passar em breve ao nível de alerta 2 (de uma escala máxima de 3), dado o forte aumento das infecções pelo novo coronavírus.

No nível de alerta 2 ou"alto", o número de pessoas que podem se reunir ao ar livre será limitado a seis, enquanto os "pubs" e restaurantes terão que fechar após às 22h (hora local).

A decisão sobre Londres é conhecida como o governo central e as autoridades municipais continuam seus contatos hoje para abordar uma possível expansão a mais áreas da Inglaterra das restrições para conter o avanço da pandemia da covid-19.

Liverpool é a única região da Inglaterra com o nível máximo de restrições - 3 -, com o fechamento de bares e "pubs" que não vendem alimentos, mas não está descartado que outras áreas inglesas passem para essa escala devido ao alto número de infecções.

Ontem, o Reino Unido registrou 19.724 novos casos diários e 137 mortes por covid-19, elevando o número total de vítimas desde o início da pandemia para 43.155.