Coronavírus

Internacional Macron comemora 20 milhões de vacinados com a 1ª dose na França

Macron comemora 20 milhões de vacinados com a 1ª dose na França

Devido a acelerada campanha de imunização no país, restaurantes e outros estabelecimentos devem reabrir na próxima semana

  • Internacional | Da AFP

Presidente da França comemorou a marca em sua conta no Twitter

Presidente da França comemorou a marca em sua conta no Twitter

Brendan Mcdermid/Reuters - 24.9.2019

Vinte milhões de pessoas na França já receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19, anunciou o presidente Emmanuel Macron em um tweet neste sábado (15), pouco antes de o país entrar em um novo estágio mais flexível na luta contra a pandemia.

"20 milhões de franceses vacinados!" acrescentou o primeiro-ministro Jean Castex.

O objetivo do governo é assim cumprido antes de quarta-feira (19), quando será permitida a reabertura de restaurantes, bares, cinemas e teatros, entre outros.

Na noite de sexta-feira (14), 19,7 milhões de pessoas haviam recebido pelo menos uma injeção e 8,7 milhões duas injeções (13% da população total e 16,6% da população idosa).

O governo estabeleceu para si a meta de 30 milhões de novos vacinados em meados de junho e, desde quarta-feira (12), abre a vacinação para maiores de 18 anos, sem condições, com doses disponíveis de um dia para o outro.

Jean Castex insistiu que "devemos procurar os mais vulneráveis", os idosos ou as pessoas com patologias associadas, indicando que 25% dos maiores de 75 ainda não receberam a primeira injecção.

Ao mesmo tempo, a queda continua no hospital com 4.352 pacientes com covid-19 na noite de sexta-feira em serviços de cuidados intensivos, em comparação com 6.001, atingidos em 26 de abril.

Com a campanha de vacinação caminhando a passos largos, país deve reabrir bares, restaurantes e outros estabelecimentos na próxima quarta-feira (19)

Enquanto a campanha de vacinação está a todo vapor, parte dos bares e restaurantes se preparam para receber os convidados na esplanada a partir de quarta-feira, data em que reabrirão também espaços culturais, cinemas, teatros, museus, com lugares reduzidos.

Últimas