Crise na Venezuela
Internacional Maduro anuncia que Rússia irá investir US$ 6 bilhões na Venezuela

Maduro anuncia que Rússia irá investir US$ 6 bilhões na Venezuela

Em visita oficial a Moscou, presidente da Venezuela afirmou que fechou acordos para investimentos russos nas áreas de extração de petróleo e ouro

crise venezuela

Maduro garantiu investimento bilionário da Rússia no ouro venezuelano

Maduro garantiu investimento bilionário da Rússia no ouro venezuelano

Marco Bello / Reuters / 22.3.2018

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta quinta-feira (6) que seu país vai receber mais de US$ 6 bilhões (cerca de R$ 23 bi) em investimentos da Rússia. O comunicado foi feito através das redes sociais do venezuelano.

Maduro está em Moscou para uma visita oficial de três dias. Segundo ele, os investimentos russos se darão na exploração de petróleo e ouro venezuelanos.

"Assinamos contratos para garantir investimentos de mais de US$ 5 bilhões (cerca de R$ 19,5 bilhões) com nossos parceiros russos para aumentar a produção de petróleo. Também vamos garantir um investimento de US$ 1 bilhão (cerca de R$ 3,91 bilhões) em mineração, especialmente ouro", afirmou o presidente venezuelano, em um vídeo postado no Twitter.

Poucas informações

Segundo a agência Reuters, Maduro não especificou onde serão feitos os investimentos nem qual o montante que as empresas russas investirão em um primeiro momento.

Em meio ao quinto ano de recessão econômica e com uma queda na produção de petróleo na Venezuela, Maduro viajou para Moscou na segunda-feira para reuniões com o presidente russo Vladimir Putin.

Ajuda russsa

A Rússia tem ajudado economicamente a Venezuela nos últimos anos, mas o governo Maduro tem tido dificuldade de pagar algumas dívidas.

"Rússia e Venezuela estão mais unidas do que nunca", garantiu o presidente venezuelano.

Maduro tem buscado aumentar a extração de ouro do país para tentar melhorar o valor de suas reservas. O petróleo, que respondia por 90% das exportações, teve a produção reduzida em mais de 40% nos últimos anos, segundo estimativas.

    Access log