Internacional Maduro propõe pagar vacinas contra covid-19 com petróleo

Maduro propõe pagar vacinas contra covid-19 com petróleo

Presidente venezuelano afirmou estar buscando formas de pagar por imunizantes oferecidos pelo Covax da OMS

Maduro busca formas de pagar por vacinas Covax da OMS

Maduro busca formas de pagar por vacinas Covax da OMS

REUTERS/Manaure Quintero

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, propôs no domingo (28) pagar vacinas contra o novo coronavírus com petróleo, mas deu poucos detalhes de como tal esquema funcionaria.

Leia mais: Finlândia: os dois lados de viver no país mais feliz do mundo

As exportações de petróleo cru do país-membro da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) em crise estão em seu menor nível em décadas desde que Washington impôs sanções à estatal petroleira PDVSA em 2019, cortando as vendas do produto aos Estados Unidos e dissuadindo muitos outros clientes de comprar o petróleo venezuelano.

Maduro disse que a Venezuela está trabalhando para pagar vacinas do mecanismo Covax da Organização Mundial da Saúde (OMS), que fornece acesso a vacina para países pobres, tanto através de fundos venezuelanos congelados em contas do exterior devido a sanções quanto através de carregamentos de petróleo.

"A Venezuela tem os navios-petroleiros e tem os clientes que comprarão nosso petróleo", disse Maduro em um pronunciamento televisionado. "Estamos prontos e preparados para (trocar) petróleo por vacinas, mas não imploraremos a ninguém."

A Venezuela recebe doses de vacina das aliadas Rússia e China. O governo e a oposição estavam conversando com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) sobre o acesso do país a vacinas por meio do Covax, mas na semana passada Caracas disse que não aceitaria a vacina da AstraZeneca, uma das principais distribuídas pelo esquema na América Latina.

Últimas