Meio Ambiente

Internacional Maior cabo elétrico submarino do mundo liga Noruega e Reino Unido

Maior cabo elétrico submarino do mundo liga Noruega e Reino Unido

Com 720 km de extensão, ligação instalada no leito do Mar do Norte vai ajudar países a compartilharem energia limpa

AFP
Noruega receberá energia gerada em usinas eólicas do Reino Unido com novo cabo

Noruega receberá energia gerada em usinas eólicas do Reino Unido com novo cabo

Phil Noble / Reuters - Arquivo

Energia eólica britânica trocada pela hidrelétrica norueguesa. Reino Unido e Noruega concluíram a instalação do mais longo cabo elétrico submarino do mundo, anunciou nesta terça-feira (15) a Statnett, operadora da rede elétrica do país nórdico.

Leia também: Reino Unido anuncia acordo comercial 'histórico' com a Austrália

Com 720 km de extensão (dos quais 716 km debaixo d'água) a um custo estimado entre 1,5 e 2 bilhões de euros (de R$ 9 a R$ 12,2 bilhões), o North Sea Link conecta Suldal, situada no sudoeste do país escandinavo, a Blyth (perto de Newcastle), na Inglaterra, cuja instalação passa pelo leito do mar do Norte, reforçando, assim, a segurança no abastecimento elétrico dos dois países.

"Quando o vento sopra com força na Inglaterra e a produção de energia elétrica é elevada ali, poderemos comprar na Noruega eletricidade barata dos britânicos e, enquanto isso, deixar a água nos nossos reservatórios" das empresas hidrelétricas, informou o diretor do projeto da parte da Statnett, Thor Anders Nummedal. 

Ao contrário, "quando houver pouco vento e uma demanda maior de eletricidade na Inglaterra, eles poderão comprar de nós energia hidrelétrica", destacou em um comunicado. 

A capacidade do novo cabo submarino é de cerca de 1.400 MW. 

A conexão entre as duas partes do cabo, instaladas de forma simultânea nas partes britânica e norueguesa, foi feita na noite de segunda-feira.

Últimas