Internacional Malásia confirma que asa encontrada no mar pertence ao voo MH-370

Malásia confirma que asa encontrada no mar pertence ao voo MH-370

Parte do avião foi encontrada na ilha de Reunião, no oceano Índico

  • Internacional | Do R7

Asa de avião encontrada em uma ilha do oceano Índico na semana pertence ao voo MH-370 da Malásia Airlines

Asa de avião encontrada em uma ilha do oceano Índico na semana pertence ao voo MH-370 da Malásia Airlines

Reprodução/ BBC

O primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, confirmou nesta quarta-feira (5) que a asa de avião encontrada em uma ilha do oceano Índico na semana pertence ao voo MH-370 da Malásia Airlines, que havia desaparecido em março do ano passado.

A conclusão é de um time internacional de especialistas que analisou a peça em um complexo aeroespacial situado nos arredores de Toulouse, na França. O artefato havia chegado ao país no último sábado (1º), assim como os restos de uma bagagem achados junto com ele.

— A equipe internacional de especialistas confirmou de maneira conclusiva que os destroços da aeronave encontrados na Ilha da Reunião são de fato do MH-370.

Este é o primeiro avanço real na busca do avião, que sumiu sem deixar rastros 17 meses atrás.

Garrafas com inscrições em chinês e indonésio são encontradas perto de suposta asa do MH370

A confirmação também traz um certo consolo para os familiares das pessoas a bordo, mas não ajuda efetivamente a entender o que aconteceu com o avião.

— Gostaria de assegurar a todos aqueles afetados por esta tragédia que o governo da Malásia está empenhado em fazer tudo dentro de nossas possibilidades para descobrir a verdade sobre o que aconteceu.

Um dos maiores mistérios da aviação mundial, o avião da Malaysia Airlines saiu de Kuala Lumpur na madrugada do dia 8 de março (tarde do dia 7 no Brasil) de 2014, com 239 pessoas a bordo.

O voo tinha previsão de chegada em Pequim seis horas mais tarde, mas desapareceu das telas dos controladores aéreos 40 minutos depois da decolagem. Até hoje, seu paradeiro permanece desconhecido.

Os especialistas ainda não sabem com certeza o que aconteceu com o voo, mas acredita-se que o avião mudou de rumo "em uma ação deliberada", cerca de 40 minutos após a decolagem em Kuala Lumpur.

Conheça o R7 Play e assista a todos os programas da Record na íntegra!

Últimas