Manifestantes de oposição bloqueiam via importante de Caracas e anunciam mais protestos

Líderes se recusam a aceitar a dissolução da Assembleia Legislativa do país

Manifestantes de oposição bloqueiam via importante de Caracas e anunciam mais protestos

Na quinta-feira (30), manifestantes e parlamentares protestaram em frente ao Supremo Tribunal venezuelano

Na quinta-feira (30), manifestantes e parlamentares protestaram em frente ao Supremo Tribunal venezuelano

Reuters

Manifestantes de oposição ao presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, liderados por um deputado opositor, bloquearam na manhã desta sexta-feira (31) uma das principais vias de Caracas e anunciaram mais protestos nas ruas para pressionar por uma mudança de governo.

A mobilização ocorre um dia depois de a Assembleia Nacional ter se declarado em rebelião e dito que não reconhecerá os veredictos do Tribunal Supremo da Venezuela, que nesta semana assumiu as funções do Legislativo.

"Hoje em toda Venezuela amanhecemos bloqueando as ruas e as autopistas. Que ninguém se renda, que ninguém se detenha... Temos que exigir nossos direitos", disse o parlamentar Miguel Pizarro, acompanhado de dezenas de manifestantes de oposição que bloqueavam a via.

Golpe ou desacato? O que significa a decisão do Judiciário de assumir funções do Congresso na Venezuela

Líder da oposição, Estados Unidos e OEA condenam "golpe" na Venezuela

Assista 24 horas à programação da Record TV