Internacional Marido mata mulher a facadas após reclamação sobre o tamanho do pênis

Marido mata mulher a facadas após reclamação sobre o tamanho do pênis

Pedido de divórcio também teria motivado o crime

Marido mata mulher a facadas após reclamação sobre o tamanho do pênis

Paula vivia com John Clinton há 24 anos e já havia sido ameaçada outras vezes

Paula vivia com John Clinton há 24 anos e já havia sido ameaçada outras vezes

Reprodução/dailymail.co.uk

Um homem golpeou sua mulher com diversas facadas após ter ouvido reclamações sobre o tamanho de seu pênis. O crime aconteceu em Liverpool, na Inglaterra, em novembro do ano passado.

De acordo com o tabloide britânico Daily Mail, John Clinton, 52 anos, atacou Paula Clinton, com quem vivia há 24 anos, antes de cortar a própria garganta e os pulsos em uma tentativa de suicídio.

O tribunal de Liverpool ouviu que a jovem se irritou com a bebedeira do marido, que chegou na casa em que dividiam e encontrou a mulher discutindo o divórcio deles no telefone com outra pessoa. Neste momemento, Clinton, que havia bebido mais de dez copos de cerveja, cravou uma faca no pescoço de Paula diversas vezes.

Os jurados ouviram que Clinton, que é sócio de uma empresa que fabrica produtos de concreto, costumava parar sempre no bar antes de ir para casa.

Menino de 12 anos é preso duas semanas após matar irmã de 8 a facadas

Idosa japonesa mata marido com xícara de café após descobrir traição

Paula foi vista cambaleando na rua em que morava e sangrando muito. Testemunhas afirmaram que ela tinha facadas no corpo, nas mãos e no olho esquerdo. A jovem morreu pelo choque e pela perda de sangue antes de os paramédicos chegarem.

Em seguida, policiais cercaram a casa, onde encontraram Clinton ensanguentado pelos ferimentos que provocou em si mesmo. O acusado admite o homicídio, mas nega assassinato. Segundo ele, Paula o empurrou e ofendeu, perguntando quem cuidaria dele com seu "xixi na cama" e "pequena masculinidade", referindo-se ao tamanho do pênis do marido;

Um policial afirmou que a jovem queria o divórcio por conta dos problemas com bebidas alcoólicas que o marido tinha e também porque já havia sido ameaçada com uma faca em outras ocasiões.

O julgamento de Clinton continua.

O que acontece no mundo passa por aqui

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia

    Access log