Coronavírus

Internacional Medo de coronavírus faz Rússia proibir entrada de chineses

Medo de coronavírus faz Rússia proibir entrada de chineses

Governo russo anunciou a medida, para evitar que chineses continuem entrando no país; mais de 500 cidadãos da China estão em quarentena

Rússia fechou suas 
fronteiras para chineses

Rússia fechou suas fronteiras para chineses

Alex Plavevski / EPA - EFE - 18.2.2020

O governo da Rússia anunciou nesta terça-feira (18) a suspensão da entrada de cidadãos chineses no país a partir desta quinta-feira, em tentativa de impedir a propagação do coronavírus Covid-19.

Segundo a determinação, o acesso ao território russo é vetado com finalidades trabalhistas, pessoais ou turísticos, segundo publicou a imprensa local.

Leia também: Mais de 500 chineses são postos em quarentena na Rússia

A partir da meia-noite da quinta-feira (pela hora local), a administração pública deixará de expedir documentos de permissão para entrada de cidadãos chineses.A única autorização será dada em caso de trânsito para um terceiro país.

Piora da epidamia

O motivo desta decisão, que está sendo tratada como provisória, é a piora da situação epidemiológica na China, além da contínua entrada de cidadãos do país asiático no território russo.

Mais de 500 chineses foram colocados em quarentena na Rússia, por causa do coronavírus. A maioria está em regiões localizadas perto da fronteira com o território vizinho.

Últimas