Casamento real
Internacional Meghan e Harry: o casamento que promete mudar a cara da realeza

Meghan e Harry: o casamento que promete mudar a cara da realeza

Cerimônia do casamento real, que será acompanhada por bilhões de pessoas neste sábado (19), será um marco de renovação para a Coroa Britânica

casamento real

O mundo volta suas atenções para o Reino Unido neste sábado (19), onde o príncipe Harry, da Inglaterra, se casa com a atriz Meghan Markle. A união promete iniciar um capítulo de renovação na história da família real britânica — já que a noiva, além de ser três anos mais velha que o príncipe, é afrodescendente, ativista e norte-americana.

A transmissão por rede internacional de televisão foi autorizada por Harry e deve ser acompanhada por milhões de espectadores em diversos países.

Meghan é um divisor de águas

Para especialistas em relações internacionais, a empolgação do público se dá pela chance de esquecer a realidade por alguns instantes e, ao mesmo tempo, celebrar a unidade britânica.

Mais ainda: a atenção dada a Meghan Markle e sua chegada à família real não deixam de ser um divisor de águas na história da Coroa britânica, conforme lembrou o professor da Universidade de Birmingham, Gëzim Alpion, em entrevista ao R7.

“A cobertura a respeito de Markle mostra que a Inglaterra progrediu muito em termos de racismo. Ver alguém que se identifica como birracial — de mãe negra e pai branco — se juntando à família real é uma ótima notícia. Não é possível ignorar a importância simbólica deste casamento”, comentou Alpion.

Romance começou com encontro às cegas

Meghan e Harry se conheceram em junho de 2016, em Londres, em um encontro às cegas planejado por uma amiga em comum.

Em novembro de 2017, o casal anunciou seu noivado e passou a cumprir uma série de compromissos em nome da família real nos países do Reino Unido.

Os dois dirão o tão esperado ‘sim’ na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor, localizado a 36 km de Londres.

Trajeto e cerimônia

Um bispo norte-americano e negro se encarregará da cerimônia que contará com 600 convidados — incluindo a nata da realeza britânica e uma grande quantidade de celebridades.

Os convidados já hospedados no castelo devem começar a chegar à capela às 9h do horário local, 5h no horário de Brasília. Os outros 600 convidados vão chegar entre as 9h30 e 11h.

Segundo o Palácio, os membros da família real devem chegar à cerimônia as 11h20 (7h20 em Brasília).

O noivo e seu padrinho, o irmão mais velho de Harry, o príncipe William, que estarão hospedados no hotel devem chegar logo em seguida.

O horário em que a noiva, Meghan Markle, e sua mãe devem chegar logo após a família real se acomodar na capela para a cerimônia.

Oficialmente, a cerimônia começa às 12h no horário local, 8h no horário de Brasília.

* Estagiária do R7, sob supervisão de Cristina Charão