Internacional Menino sírio se rende ao confundir câmera fotográfica com uma arma

Menino sírio se rende ao confundir câmera fotográfica com uma arma

Crianças são marcadas desde muito jovens pela violência no país

Menino sírio se rende ao confundir câmera fotográfica com uma arma

Um fotógrafo capturou nesta sexta-feira (27), na Síria, a imagem de uma criança que se rendeu em frente à sua câmera. O garoto, que na época da foto tinha quatro anos, levantou os braços ao confundir o equipamento com um rifle.

O profissional que registrou a imagem queria retratar a realidade das crianças sírias, e não imaginou que o menino iria pensar que ele estava apontando uma arma.

Guerra x gravidez: refugiadas sírias enfrentam dificuldades em campo de refúgio

A fotografia mostra um exemplo de crianças que são marcadas desde muito jovens pela violência da sangrenta guerra civil que assola a região.

A imagem é a prova de que crianças de cinco anos já entendem como funcionam as armas e sabem como reagir para pedir socorro ou paz diante de um rifle.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) estima que cerca de 14 milhões de crianças são afetadas pelos conflitos na síria.

Síria: a história do conflito em 8 pontos

Quatro anos de guerra: conflito na Síria já deixou mais de 200 mil mortos e milhões de refugiados