Mercosul convoca reunião emergencial de chanceleres para discutir Venezuela

Em nota, membros demonstraram preocupação com os direitos da população venezuelana

Mercosul convoca reunião emergencial de chanceleres para discutir Venezuela

Os ministros das Relações Exteriores do Mercosul se reunirão no sábado (1º) para discutir a resposta do bloco aos recentes acontecimentos na Venezuela, informou o Ministério das Relações Exteriores da Argentina em um comunicado na sexta-feira.

A pressão estrangeira cresceu nesta sexta-feira (31) sobre a decisão do Tribunal Supremo de Justiça da Venezuela de assumir as funções do Congresso, em um movimento que muitos viram como uma guinada do governo de esquerda para uma ditadura em meio a uma forte queda da popularidade.

"Os países fundadores do Mercosul reiteram seu apoio inalterável aos princípios fundamentais do Estado de Direito e à preservação da democracia na região latino-americana", afirmou o governo argentino no comunicado, que não informa nem o local ou horário do encontro.

O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, irá ao encontro.

Venezuela diz que acusação de golpe de Estado no país "é falsa"

Manifestantes de oposição bloqueiam via importante de Caracas e anunciam mais protestos

Assista 24 horas à programação da Record TV