Internacional Militar tenta invadir residência de Trudeau no Canadá

Militar tenta invadir residência de Trudeau no Canadá

Homem armado usou uma caminhonete para furar bloqueios, mas foi interceptado rapidamente pelas forças de segurança

Policial e cachorro inspecionam carro usado em invasão da residência de Trudeau

Policial e cachorro inspecionam carro usado em invasão da residência de Trudeau

Patrick Doyle / Reuters - 2.7.2020

Um militar das Forças Armadas do Canadá foi preso após tentar invadir o palácio que serve de residência temporária para o primeiro-ministro Justin Trudeau e sua família, que não estavam presentes no momento do incidente.

O episódio aconteceu na manhã da última quinta-feira (2), quando o homem forçou o portão principal de pedestres de Rideau Hall com sua picape. Segundo a polícia canadense, o militar, que estava armado, continuou a pé, mas foi "rapidamente contido" pelas forças de segurança.

O palácio de Rideau Hall é a residência oficial em Ottawa dos representantes da rainha Elizabeth II, chefe de Estado do Canadá. O local abriga temporariamente a família de Justin Trudeau, enquanto a residência do primeiro-ministro é reformada.

De acordo com a emissora pública CBC, o autor do ataque é Corey Hurren, militar das Forças Armadas canadenses e também dono de um pequeno comércio de embutidos. Ele integra um corpo chamado "Canadian Rangers", formado por militares da reserva e que atua em áreas remotas e costeiras.

Os motivos de sua invasão ainda são desconhecidos.

Últimas