Crise na Venezuela

Internacional Militares pró-Guaidó e soldados apoiadores de Maduro trocam tiros

Militares pró-Guaidó e soldados apoiadores de Maduro trocam tiros

Mais cedo, as forças de segurança da Venezuela leais ao governo de Nicolás Maduro lançaram bombas de gás lacrimogêneo contra o líder opositor

Reuters
Disparos foram ouvidos em manifestação convocada por Guaidó

Disparos foram ouvidos em manifestação convocada por Guaidó

REUTERS/Manaure Quintero/30.04.2019

Disparos foram ouvidos em uma manifestação coordenada pelo líder da oposição na Venezuela, Juan Guaidó, próximo a uma base aérea em Caracas, disseram testemunhas da Reuters, após Guaidó dizer nesta terça-feira (30) que militares se uniram a ele para depor o presidente Nicolás Maduro.

Testemunhas da Reuters afirmaram que homens em uniformes militares, que acompanhavam Guaidó no local, estavam trocando tiros com militares que apoiam Maduro. As testemunhas disseram que os disparos aparentavam ser de balas verdadeiras.

Mais cedo, as forças de segurança da Venezuela leais ao governo de Nicolás Maduro lançaram bombas de gás lacrimogêneo contra o líder opositor. 

Últimas