Coronavírus

Internacional Ministro da Saúde britânico se desculpa após tuíte sobre covid

Ministro da Saúde britânico se desculpa após tuíte sobre covid

Sajid Javid gerou indignação após postar no Twitter que britânicos não deveriam "se acovardar" diante da doença

AFP
Sajid Javid postou no Twitter que população não deveria se acovardar diante da covid-19

Sajid Javid postou no Twitter que população não deveria se acovardar diante da covid-19

Stefan Rousseau / POOL / AFP

O ministro da Saúde britânico, Sajid Javid, se desculpou neste domingo (25) após sugerir que o país não deveria "se acovardar" diante do coronavirus, em um tuíte que gerou indignação. Uma semana depois de anunciar que contraiu o vírus, Sajid Javid escreveu no Twitter no sábado que estava "completamente curado".

Seus sintomas foram "muito leves, graças às incríveis vacinas", acrescentou o ministro, que havia recebido duas doses. "Por favor, se ainda não o fez, vacine-se, pois aprendemos a conviver com esse vírus, ao invés de nos acovardarmos", acrescentou.

Este comentário provocou reações de associações de vítimas e deputados, especialmente da oposição, que o consideram um insulto aos mais vulneráveis e aos sacrifícios da população durante os três confinamentos.

O Reino Unido, com 129.000 mortes, é um dos países mais afetados na Europa pela covid-19. Mais de 5,6 milhões de casos da doença já foram registrados no país.

Javid deletou o tuíte polêmico e em uma nova mensagem reconheceu uma "escolha infeliz" em suas palavras e apresentou um pedido de desculpas "sincero". "Como muitos, perdi entes queridos para este vírus terrível e nunca minimizaria seu impacto", disse ele.

Últimas