Brexit: Reino Unido fora da União Europeia
Internacional Ministro francês é contra adiamento do Brexit na situação atual

Ministro francês é contra adiamento do Brexit na situação atual

Chanceler frisou que as autoridades britânicas devem esclarecer o que pretendem fazer sobre a saída do Reino Unido da União Europeia

Chanceler francês não concorda com adiar Brexit

Chanceler francês não concorda com adiar Brexit

REUTERS/Hannah McKay/20.08.2019

O ministro das Relações Exteriores da França, Jean-Yves Le Drian, se mostrou contra a concessão de um novo adiamento do Brexit ao Reino Unido nas circunstâncias atuais e frisou que as autoridades britânicas devem esclarecer o que pretendem fazer.

"Os britânicos precisam nos dizer o que querem, não vamos fazer isso no lugar deles", ressaltou Le Drian neste domingo em entrevista ao canal CNews, durante a qual classificou como "muito perturbadora" a situação política britânica.

Perguntado sobre o que responderia caso o Reino Unido peça à União Europeia (UE) o adiamento da data do Brexit, programada para 31 de outubro, o ministro declarou que, "no estado atual das coisas, não".

Ao se justificar, Le Drian explicou que os britânicos afirmam que irão propor soluções alternativas para a saída do bloco, mas que os demais países ainda não viram essas opções.

"Os britânicos que assumam a sua situação porque estão em um beco. Agora, não há maioria para nada no Parlamento britânico", nem para um Brexit sem acordo nem para a convocação de eleições, afirmou o ministro francês.

A França já foi reticente a conceder ao Reino Unido o anterior adiamento, mas o aceitou diante da posição favorável de outros países, e em particular da Alemanha. O governo francês temia que a UE ficesse mobilizada durante todo esse tempo pelo Brexit sem poder cuidar das própias prioridades.