Novo Coronavírus

Internacional Montenegro entra em estado de emergência por 2ª onda de infecções

Montenegro entra em estado de emergência por 2ª onda de infecções

Há pouco mais de um mês, país tinha anunciado estar livre da covid-19. Governo está impondo restrições, como uso de máscara e limite de pessoas 

  • Internacional | Da EFE

País disse há um mês que estava livre da pandemia

País disse há um mês que estava livre da pandemia

Stevo Vasiljevic/Reuters - 25.5.2020

O governo de Montenegro decretou estado de emergência nesta quarta-feira (22), devido a propagação do novo coronavírus, pouco mais de um mês depois de ter anunciado que o país estava livre do patógeno.

No território, foram registrados até o momento 305 casos para cada 100 mil habitantes, segundo informou hoje a agência de notícias Mina.

Medidas de restrição

A partir de hoje, entraram em vigor novas medidas de contenção ao novo coronavírus, entre elas, o uso obrigatório de máscaras em ambientes fechados e alguns abertos, para adultos e crianças com sete anos, exceto em parques naturais e praias.

Também foram limitadas reuniões em espaços abertos para 40 pessoas, e em fechados para 20, sempre com obrigação de respeito a uma distância mínima de dois metros entre cada participante.

Além disso, seguem vigorando proibições impostas nas últimas semanas, de abertura de boates, celebração de casamentos e outras festas familiares.

As autoridades de Montenegro chegaram a proclamar, em 2 de junho, o fim da pandemia no país, depois de ficar 28 dias sem registro de novo casos de infecção pelo novo coronavírus.

No entanto, em 14 de junho houve reinício no contágio, com um novo caso. A partir daí, houve uma escalada nos números.

Desde então, foram 1.920 casos e 26 mortes, números mais altos do que os registrados na primeira onda, que foram de 324 infectados e nove óbitos.

Últimas