Internacional Morre antigo presidente e ideólogo nacionalista sérvio Dobrica Cosic

Morre antigo presidente e ideólogo nacionalista sérvio Dobrica Cosic

Belgrado, 18 mai (EFE).- Dobrica Cosic, ex-presidente da Sérvia e um dos principais ideólogos do nacionalismo sérvio da segunda parte do século XX, morreu neste domingo aos 92 anos, informa a agência de notícias sérvia "Tanjug". Cosic, considerado um dos escritores modernos mais importantes do país balcânico, foi desde sua juventude seguidor do Partido Comunista Iugoslavo. Durante a Segunda Guerra Mundial fazia parte do movimento guerrilheiro antifascista e depois foi um destacado membro da Academia Sérvia de Ciências e Artes. A partir do ano 1968, Cosic rompeu com o então presidente comunista iugoslavo Josip Broz "Tito" ao se opor a cada vez maior autonomia que este outorgava ao Kosovo, uma então província sérvia que 40 anos mais tarde ia declarar sua independência. Seus ideias nacionalistas inspiraram os líderes sérvios durante as guerras balcânicas nos anos 90 do século passado. Por isso, seus seguidores o chamavam "pai da Nação", enquanto nos países vizinhos era considerado um dos principais ideólogos dos conflitos étnicos. Já antes da desintegração da Iugoslávia no início da década de 1990, Cosic apoiou o então presidente nacionalista autoritário sérvio, Slobodan Milosevic. Entre 1992 e 1993, Cosic foi presidente da então República Federal da Iugoslávia, formada então só pela Sérvia e Montenegro, após a independência da Eslovênia, Croácia, Macedônia e Bósnia. Cosic, duas vezes ganhador do prestigiado prêmio literário NIN, é autor de romances como "Longe está o sol" (Daleko je sunce), "Raices" (Koreni) e "Deobe" (Divisões). EFE vb/ff
    Access log