Internacional Morre ativista do desarme nuclear e sobrevivente de Hiroshima

Morre ativista do desarme nuclear e sobrevivente de Hiroshima

Sunao Tsuboi, que se encontrou com o ex-presidente dos EUA Barack Obama em 2016, morreu aos 96 anos de anemia

AFP
O japonês Sunao Tsuboi, defensor do desarmamento nuclear e sobrevivente de Hiroshima, morreu aos 96 anos

O japonês Sunao Tsuboi, defensor do desarmamento nuclear e sobrevivente de Hiroshima, morreu aos 96 anos

Johannes Eisele/AFP - 26.05.2016

O japonês Sunao Tsuboi, ardente defensor do desarmamento nuclear e sobrevivente do bombardeio atômico de Hiroshima, em 1945, morreu aos 96 anos, anunciou nesta quarta-feira (27) uma organização de vítimas de bombas nucleares. 

Tsuboi, que se encontrou com o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama durante sua visita a Hiroshima, em 2016, "morreu no sábado de anemia", disse à AFP um oficial da Nihon Hidankyo, que agrupa as organizações de vítimas do bombardeio atômico de Hiroshima.

Em 6 de agosto de 1945, Tsuboi, de 20 anos, frequentava a escola de engenharia em Hiroshima quando os americanos lançaram a primeira bomba atômica da história. 

"Sofri queimaduras em todo o corpo", disse Tsuboi à AFP em 2016, relembrando a explosão.

Segundo dados oficiais, só esse lançamento matou 140 mil pessoas, deixou outros milhares infectados pelos efeitos da radiação e praticamente destruiu a cidade japonesa.

Três dias após esse ataque, outra bomba foi lançada sobre a cidade de Nagasaki, matando cerca de 40 mil pessoas e causando a rendição do governo japonês, no dia 2 de setembro, encerrando de fato a Segunda Guerra Mundial.

Últimas