Mulher que tossiu deliberadamente em outra é detida nos EUA

Debra Hunter foi filmada pela pessoa em quem ela tossiu, uma mulher que realiza tratamento contra um tumor cerebral e imunodeficiência

A Flórida é o segundo estado americano com mais casos de infecção por covid-19

A Flórida é o segundo estado americano com mais casos de infecção por covid-19

Cristóbal Herrera / EFE - 12.7.2020

Uma mulher que tossiu deliberadamente em direção à outra em um shopping de Jacksonville, na Flórida, e foi pega em um vídeo que viralizou nos últimos dias precisará depor em um tribunal ainda neste mês após ter sido presa e acusada de agressão.

A imprensa local noticiou neste sábado (1º) o caso de Debra Hunter, que foi filmado pela pessoa em quem ela tossiu, uma mulher que realiza tratamento contra um tumor cerebral e imunodeficiência.
 

Em cenas gravadas no mês passado no centro comercial, a agressora não usava máscara, ao contrário da vítima. Quando percebeu que estava sendo filmada, partiu em direção à senhora e tossiu na frente da câmera.

Quase um mês depois, Hunter foi presa, acusada e liberada após pagamento de fiança, de acordo com a emissora de televisão "First Coast News". Ela precisará prestar depoimento à justiça no próximo dia 19.

A Flórida é o segundo estado americano com mais casos de infecção pelo novo coronavírus, atrás apenas da Califórnia. Nesta sexta-feira, pelo quarto dia consecutivo, houve um número recorde de mortes por covid-19 confirmadas, com 257, o que elevou o total a 6.966. Foram reportados 470.389 contágios desde o começo da crise sanitária.