Internacional Naufrágio na costa nordeste da África mata ao menos 34 migrantes

Naufrágio na costa nordeste da África mata ao menos 34 migrantes

Sobreviventes relatam que barco afundou em águas turbulentas após deixar o Iêmen com cerca de 60 passageiros a bordo

País é situado no nordeste da África

País é situado no nordeste da África

Google Maps

Ao menos 34 migrantes morreram no naufrágio de sua embarcação na costa do Djibuti, informou nesta segunda-feira (12) a Organização Internacional para as Migrações (OIM), o segundo acidente do tipo em pouco mais de um mês no país, situado no nordeste da África.

"Os migrantes estavam sendo transportados por contrabandistas [...] Prender e processar traficantes de pessoas e contrabandistas que se aproveitam da situação vulnerável dos migrantes deve ser uma prioridade. Muitas vidas foram perdidas de maneira desnecessária", afirmou no Twitter Mohammed Abdiker, diretor regional da OIM para o leste e a região do chifre da África.

Abdiker recordou que esta é a "segunda tragédia do ti´po em pouco mais de um mês", após a morte de 20 pessoas no mesmo estreito de Bab El Mandeb em 4 de março.

Sobreviventes relataram que o barco naufragou na segunda-feira por volta das 04:00 (01:00 GMT), em águas muito turbulentas, após deixar o Iêmen com cerca de 60 passageiros a bordo, outro oficial da IOM informou à AFP em Djibouti.

Havia "muitas crianças" entre as vítimas, de acordo com Abdiker. Ele acrescentou que os sobreviventes estão sendo cuidados pelas autoridades locais e pela OIM.

Últimas