Norte-americanos desejam 'feliz impedimento' para Trump nas redes

A hashtag #MerryImpeachmas tornou-se o principal assunto no Twitter na manhã desta quarta-feira (18); pesquisas indicam que país está dividido

impeachment de trump

Protestos em frente ao Congresso dos EUA durante a votação do impeachment de Trump

Protestos em frente ao Congresso dos EUA durante a votação do impeachment de Trump

Tom Brenner/Reuters - 18.11.2019

A votação do impeachment do presidente dos EUA Donald Trump tomou conta das redes sociais ao redor do mundo e, especialmente, nos Estados Unidos nesta quarta-feira (18). A proximidade com as festas natalinas ajudou a impulsionar a curiosa hashtag #MerryImpeachmas — "Feliz impedimento", em tradução livre.

A tag tornou-se o assunto mais comentado no Twitter na manhã da quarta, horas antes da Câmara de Representantes abrir a sessão que vai decidir sobre o impeachment de Trump. 

Além de #MerryImpeachmas, também estão entre os assuntos mais comentados as tags #ImpeachmentDay (Dia do Impedimento) e #ImpeachAndRemove (Impeachmente e remoção, numa alusão à futura votação no Senado, que é quem de fato decide afastar o presidente dos EUA do seu cargo). "Trump" e "President" também estão entre os assuntos mais comentados.

Apesar dos comentários nas redes serem majoritariamente a favor do impeachment de Trump, pesquisas indicam que o país está dividido em relação à votação que ocorre hoje e que o apoio ao atual presidente registra uma pequena alta.

País dividido pelo impeachment

O instituto Gallup divulgou os resultados de um levantamento feito entre os dias 2 e 15 de dezembro, período em que a Câmara de Representantes ouvia as testemunhas no processo de investigação.

De acordo com o Gallup, 51% dos americanos defendem que Trump não sofra impeachment e remoção, contra 46% que defendem que o presidente perca seu mandato.

O instituto aponta que o número de pessoas apoiando o impeachment caiu 6 pontos percentuais desde o início do processo formal em novembro. Já os contrários ao impedimento e afastamento do presidente cresceu 5 pontos.

O Gallup ressalta que o país se encontra dividido não apenas pela proximidade dos números, mas porque há uma ligação incontestável entre a preferência partidária dos entrevistados e sua opinião sobre o impeachment.

Entre os que se dizem democratas, 85% se dizem a favor do impeachment e remoção de Trump do cargo. Já entre os que se declararam republicanos, apenas 5% concordam com esta opção.

Impeachment de Trump: veja fotos da votação e protestos nos EUA