Internacional Nova Déli inaugura torre purificadora de ar contra poluição

Nova Déli inaugura torre purificadora de ar contra poluição

Estrutura de 25 metros de altura, conta com 40 ventiladores gigantes e vai reduzir o número de partículas prejudiciais à saúde 

AFP
Névoa cinza tóxica cobre Nova Déli, na Índia, durante o inverno

Névoa cinza tóxica cobre Nova Déli, na Índia, durante o inverno

Money SHARMA / AFP

A capital da Índia, Nova Déli, inaugurou nesta segunda-feira (23) sua primeira torre contra a névoa tóxica para reduzir a elevada poluição do ar que causa milhares de mortes prematuras a cada ano.

A concentração de finas partículas poluentes em suspensão no ar de Nova Déli excede em 20 vezes o limite de segurança recomendado, especialmente no inverno, quando esta cidade de 20 milhões de habitantes está envolta por uma camada de névoa cinza.

Equipada com 40 ventiladores gigantes, essa torre de 25 metros vai bombear 1.000 metros cúbicos de ar por segundo, através de filtros que, segundo seus engenheiros, vão reduzir o número de partículas prejudicais à saúde em um raio de um quilômetro quadrado.

"Hoje é um grande dia para Délhi em sua luta por um ar limpo contra a poluição", disse o chefe do governo local, Arvind Kejriwal, após a inauguração em uma animada área comercial da cidade.

Ao custo de US$ 2 milhões, a instalação é "experimental" e, "se for eficaz, mais torres serão construídas em Délhi", acrescentou.

Leia mais: Unesco alerta sobre a situação do frágil ecossistema marinho

Críticos do projeto afirma que instalar torres suficientes para limpar o ar de toda cidade custará muito dinheiro e que o esforço deveria se concentrar nas fontes de poluição.

A Índia tem 14 das 15 cidades mais poluídas do mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Além disso, um estudo publicado no periódico The Lancet em 2020 afirmou que 1,67 milhão de mortes prematuras em 2019 foram relacionadas com a poluição, sendo 17.500 delas em Nova Déli.

Últimas