Internacional Nova York multa mais de 100 bares por descumprimento de restrições

Nova York multa mais de 100 bares por descumprimento de restrições

Estado anunciou dados que indicam uma estabilização da pandemia, registrando quantidade mais baixa de pacientes internados desde março

  • Internacional | Da EFE

Nova York sanciona mais de 100 bares por descumprimento de restrições

Nova York sanciona mais de 100 bares por descumprimento de restrições

Pixabay

Nova York, 26 jul (EFE).- Mais de 100 bares de Nova York foram multados neste fim de semana por descumprirem medidas de segurança contra a covid-19, mas o estado continua "progredindo" em meio ao alarmante ritmo de contágios no restante do país, segundo o governo estadual.

O governador Andrew Cuomo informou neste domingo que as agências que monitoram o cumprimento do distanciamento social e o uso de máscaras em estabelecimentos como bares e restaurantes aplicaram 105 punições em Nova York e na região de Long Island entre sexta-feira e sábado. As sanções podem significar uma multa de US$ 10 mil ou até uma suspensão.

Leia mais: Flórida supera Nova York em número de casos de covid-19

As autoridades estão redobrando os esforços para evitar novos surtos quando começar a fase mais avançada da reabertura. Na semana passada, dez estabelecimentos tiveram a licença de funcionamento suspensa.

Cuomo afirmou que "não se pode ser fanfarrão nem arrogante", e pediu para que a população tome precauções, já que há "uma ameaça nacional".

Veja também: Nova York registra menor número diário de mortes em quase 3 meses

Neste fim de semana, o estado de Nova York - que foi superado por Califórnia e Flórida em número de casos de Covid-19 - anunciou dados que indicam uma estabilização da pandemia, registrando a quantidade mais baixa de pacientes internados desde meados de março.

O estado somou 536 novos casos nas últimas 24 horas, totalizando 411.736. Atualmente, 637 pessoas estão internadas com a doença, 155 em unidades de terapia intensiva (UTI). O boletim mais recente anunciou três novas mortes, elevando o total para 25.106.

Últimas