Internacional NY Times destaca erros na recepção do papa

NY Times destaca erros na recepção do papa

Diante das falhas, o prefeito carioca, Eduardo Paes, afirmou: "O que precisamos fazer agora é pedir desculpas"

NY Times destaca erros na recepção do papa

O jornal americano citou a conduta questionável da polícia carioca

O jornal americano citou a conduta questionável da polícia carioca

AFP

O importante jornal americano ​NYT (The New York Times) publicou um longo texto, na quinta-feira (24), destacando a série de erros cometidos na recepção do papa Francisco durante o evento da JMJ (Jornada Mundial da Juventude) no Rio e Janeiro. A reportagem encerra citando uma frase do prefeito carioca, Eduardo Paes, em que ele admite as falhas e afirma: "O que precisamos fazer agora é pedir desculpas".

O periódico alegou que os equívocos da organização criaram um clima de tensão entre as autoridades e participantes do encontro religioso.

Para o NYT, os erros começaram já na chegada do líder da Igreja, na segunda-feira (22), quando o veículo em que ele estava foi cercado por uma multidão ao sair do aeroporto Galeão.

Imprensa internacional destaca tumulto na chegada do papa Francisco

Imprensa italiana chama a organização para a chegada do papa de "desastrosa"

Tesouros e luxos do Vaticano contrastam com humildade do papa Francisco

Em seguida, o texto cita a abrupta paralisação por duas horas do metrô do Rio de Janeiro no mesmo dia, deixando milhares de pessoas sem transporte.

O jornal americano também destacou as críticas contra a conduta das autoridades fluminenses em relação aos protestos das ruas. Na ocasião, foram identificados agentes das forças de segurança infiltrados entre os manifestantes. Estes policiais teriam ainda jogado coquetéis molotov alimentado a violência que se desencadeou.

O NYT questionou a capacidade da cidade maravilhosa de receber eventos internacionais de relevância, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas e reproduziu alguns depoimentos de pessoas que participaram da JMJ, ou simplesmente, acompanharam a ocasião como habitantes do Rio.

A reportagem citou que a polícia carioca rejeitou as acusações de que abusou da força ou que haviam agentes infiltrados entre os manifestantes. Mas, destacou também o depoimento de um estudante que manteve a acusação contra as autoridades fluminenses.

Jornada Mundial e vinda do papa reforçam a tradição brasileira de misturar o público e o privado

Visita do papa ao Brasil deve repetir onda de indignação e revolta que já aconteceu na Espanha

O que acontece no mundo passa por aqui

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia