Coronavírus

Internacional OMS apoia movimento antirracista e pede cuidado em protestos

OMS apoia movimento antirracista e pede cuidado em protestos

Organização reforçou que manifestantes devem ir de máscara, manter distanciamento social e ficar com as mãos limpas durante as marchas 

OMS recomenda distanciamento nos protestos

OMS recomenda distanciamento nos protestos

Carlos Barria / Reuters - 4.6.2020

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou apoio nesta segunda-feira (8) ao movimento antirracista e disse ser contra todos os tipos de discriminação. A organização destacou que os protestos devem acontecer com segurança e tomando cuidado com a transmissão da covid-19.

Os protestos contra o racismo no mundo começaram depois que George Floyd, um homem negro, foi morto por um policial branco em Minnesota, nos EUA. As marchas se alastraram pelos Estados Unidos e pelo mundo e milhares de pessoas vão às ruas todos os dias há duas semanas.

Em coletiva anterior, especialistas tomaram cuidado para não falar diretamente das marchas nos Estados Unidos e recomendaram distanciamento social durante as manifestações. Hoje, a recomendação foi reforçada, além do lembrete de usar máscaras, ficar com as mãos limpas e tossir caso for espirrar.

A OMS pediu para que pessoas que estão doentes ou que tiveram contato com algum profissional da saúde ficarem em casa.

Últimas