Internacional Otan suspende treinamento no Iraque após morte de Soleimani

Otan suspende treinamento no Iraque após morte de Soleimani

"A segurança de nosso pessoal no Iraque é fundamental", disse o porta-voz interino da Otan, Dylan White. Presidente do Irã prometeu retaliação aos EUA

General era maior autoridade militar do Irã

General era maior autoridade militar do Irã

Reuters/03-01-20

A Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) suspendeu uma missão de treinamento no Iraque após a morte do comandante da Guarda Revolucionária Iraniana Qassem Soleimani por um ataque aéreo dos EUA no aeroporto de Bagdá, disse um porta-voz da aliança neste sábado.

"A segurança de nosso pessoal no Iraque é fundamental", disse o porta-voz interino da Otan, Dylan White. "Continuamos a tomar todas as precauções necessárias. A missão da Otan continua, mas as atividades de treinamento estão temporariamente suspensas."

Retaliação

Nesta sexta-feira (3), Hassan Rohani, presidente do Irã prometeu retaliação pela morte do general. "Sem dúvida, a grande nação do Irã e outras nações livres da região se vingarão por esse crime terrível dos americanos criminosos", disse o presidente iraniano em comunicado publicado pela agência de notícias oficial do país.

A filha do general iraniano Qasem Soleimani, comandante da força Al-Quds dos Guardiões da Revolução, se encontrou neste sábado (4) com o Hassan Rohani e com aiatolá Ali Khamenei, líder supremo do país. O encontro ocorreu na casa do general Soleimani, em Teerã. 

Foguetes na embaixada dos EUA

Três foguetes Katyusha caíram perto da Embaixada dos Estados Unidos, neste sábado (4), em Bagdá. A queda ocorreu na zona verde, local que abriga prédios do governo. O acidente não fez nenhuma vítima.

Além disso, de acordo com a Agência Efe, um oficial da Polícia de Saladino informou que outros dois foguetes caíram na base de Al Balad e atingiram um depósito de armas do Exército do Iraque. Poucos danos foram causados.