Coronavírus

Internacional Pandemia afeta o mercado de Papai Noel nos Estados Unidos

Pandemia afeta o mercado de Papai Noel nos Estados Unidos

Devido à idade avançada, muitos dos americanos que se fantasiavam da figura natalina decidiram se resguardar este ano

AFP
Pelo menos 335 pessoas que se fantasiavam de Papai Noel morreram de Covid em 2021

Pelo menos 335 pessoas que se fantasiavam de Papai Noel morreram de Covid em 2021

Pixabay

A pandemia tornou difícil para os norte-americanos encontrarem um Papai Noel para as festas de final de ano. Com um aumento de 121% da demanda e uma queda de 10% da oferta, "há uma enorme falta de Papais Noéis, apesar do aumento de 10-15% das tarifas". É o que afirma o fundador da agência HireSanta.com, Mitch Allen, do Texas, em entrevista à agência de notícias francesa AFP.

De acordo com suas estimativas, há pelo menos mil postos vazios e quase o dobro de ofertas para ações pontuais em festas de família, eventos de empresas ou colégios. E isto apesar de muitos centros de ensino e culturais terem cancelado suas atividades devido aos riscos de contágio do coronavírus, cuja nova variante Ômicron voltou a colocar os sistemas de saúde do mundo em alerta máximo.

A queda na oferta se explica por uma triste realidade: pelo menos 335 pessoas que se fantasiavam de Papai Noel morreram em 2021 vítimas da Covid e, como são pessoas de alto risco devido à idade, muitas decidiram guardar o gorro e a roupa vermelha e branca no armário. Outros simplesmente se aposentaram.

Além da HireSanta.com, a 'Professional Santa Claus School' de Denver também registrou uma queda de 25% nas matrículas nos últimos dois anos, apesar do curso acontecer basicamente no formato virtual.

"Nos últimos dois anos formamos 28 Papais Noéis, quando o normal seria 120", afirmou a fundadora da escola, Susen Mesco.

"O envelhecimento é um fator importante, pois a maioria dos Papais Noéis tem mais de 70 anos", explica Mesco.

A tendência vai prosseguir nos próximos anos, alerta Allen, como demonstra o fato de que "este ano já estamos sendo reservados para 2022, o que nunca havia acontecido". Sua agência, afirma, é uma das maiores fornecedoras de Papais Noéis do mundo, em particular para a Ásia, e concretamente a China.

"Atualmente, temos dois Papais Noéis em Dubai", destaca, com orgulho. Os clientes cobre os gastos da viagem e hospedagem.

O problema é que nem todo mundo pode virar Papai Noel, embora as mulheres tenham começado a entrar no mercado. Nos Estados Unidos, em particular, "você tem que se parecer com um, deixar a barba crescer e ter aquele olhar brilhante", afirma.

Em um bom ano, trabalhando do início de novembro até a véspera do Natal, um Papai Noel pode receber entre US$ 6 mil (R$ 34,3 mil) e US$ 10 mil (R$ 57,2 mil), explica Allen, o que representa um bom complemento para a aposentadoria e uma boa solução para ocupar o tempo livre na terceira idade.

Últimas