Novo Coronavírus

Internacional Pandemia criou 'tsunami de ódio', alerta secretário da ONU

Pandemia criou 'tsunami de ódio', alerta secretário da ONU

Pelo Twitter, António Guterres apelou pelo fim de discursos discriminatórios e pediu colaboração de governos para impedir disseminação das mensagens

Guterres alerta sobre preconceito durante pandemia

Guterres alerta sobre preconceito durante pandemia

Javier Lizón / EFE - 1.12.2019

O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, alertou nesta sexta-feira (8) que a pandemia do novo coronavírus "continua desencadeando um tsunami de ódio e xenofobia" no mundo.

Em uma mensagem no Twitter, o português alertou que é preciso "agir agora para fortalecer a imunidade de nossas sociedades contra o vírus do ódio" e fez um apelo pelo fim de discursos discriminatórios.

"Eu convido líderes políticos a mostrarem solidariedade com todos os membros de suas sociedades e a construírem e reforçarem a coesão social", disse Guterres, acrescentando que extremistas estão tentando angariar apoio entre "públicos desesperados".

"E peço para todos, em todos os lugares, se levantarem contra o ódio, tratando todos com dignidade e aproveitando cada oportunidade para disseminar a bondade", afirmou.

.

Últimas