Coronavírus

Internacional Paraguai confirma transmissão comunitária da variante delta

Paraguai confirma transmissão comunitária da variante delta

Autoridades confirmaram seis casos locais da mutação e pediram para vacinados continuarem adotando medidas preventivas

Agência EFE
Ministério da Saúde do Paraguai confirma seis casos locais da variante delta

Ministério da Saúde do Paraguai confirma seis casos locais da variante delta

EFE/Nathalia Aguilar

O Ministério da Saúde do Paraguai confirmou nesta sexta-feira (30) a existência de transmissão comunitária da variante delta do coronavírus em Assunção e no departamento Central, as áreas mais populosas do país, após a detecção na semana passada de seis casos agora considerados locais.

A Direção-Geral de Vigilância Sanitária informou em comunicado que apenas em dois destes casos identificados com a variante tiveram contato com viajantes. A pasta insistiu que os cidadãos, após a conclusão desta transmissão comunitária, mantivessem as medidas preventivas de saúde em uso e continuassem mesmo após a vacinação.

Leia mais: López Obrador busca minimizar situação da pandemia no México

O Ministério da Saúde confirmou há sete dias a entrada da variante delta, com esses seis casos detectados sob investigação.

O fato ocorre no momento em que o país registra uma queda significativa de casos e mortes. Até agora, o Paraguai registrou mais de 14 mil vítimas fatais, em uma população de pouco mais de 7 milhões de habitantes.

Aliás, o diretor da Vigilância Sanitária, Guillermo Sequera, disse hoje que os números de infecções registraram uma queda "muito significativa", se aproximando dos números de fevereiro.

Sequera comentou que são dados que inspiram "otimismo", embora tenha ressaltado que não se deve perder de vista o "sentido crítico".

Leia mais: Dos hospitalizados por covid-19 na França, 85% não se vacinaram

Desde o início da pandemia, o Paraguai acumula 451.695 casos e 14.876 mortes por covid-19, segundo o último registro do Ministério da Saúde.

O país continua uma campanha de vacinação que visa imunizar mais de quatro milhões de pessoas. Até o momento, são cerca de dois milhões de vacinados, a maioria com uma dose, e o avanço do plano nacional está condicionado à chegada de remessas de vacinas do exterior.

Últimas