Novo Coronavírus

Internacional Paraguai pode confirmar primeira morte por covid-19 em um mês

Paraguai pode confirmar primeira morte por covid-19 em um mês

Homem de 53 anos pode ser a 12ª vítima fatal do novo coronavírus em território paraguaio; o governo aguarda o resultado de novos exames

  • Internacional | Do R7

Paraguai pode ter nova morte após mais de 1 mês

Paraguai pode ter nova morte após mais de 1 mês

Nathalia Aguilar / EFE - Arquivo

Após um mês sem registrar uma morte sequer causada pelo novo coronavírus, o ministro da Saúde do Paraguai, Júlio Mazzoleni, afirmou nesta segunda-feira (15) que o país pode ter um novo registro de óbito por covid-19 em seu território.

Mazzoleni referiu-se à morte de um homem de 53 anos, hipertenso e obeso, que foi internado no fim de semana no Instituto Nacional de Doenças Respiratórias e Ambientais (Ineram), em Assunção. Há suspeita de que ele tenha sido infectado pelo novo coronavírus.

Leia também: Apesar de manifestações, Paraguai manterá fronteiras fechadas

"É um caso a princípio sem vínculo, que está sendo investigado, mas que, mais tarde, pode render outra interpretação. As investigações estão em andamento", disse o ministro no Palácio do Governo, após uma reunião com outros membros do governo do presidente Mario Abdo Benítez.

12ª morte

Caso a suspeita se confirme, o total de óbitos por covid-19 no Paraguai desde o início de março, quando foi detectado o primeiro caso da pandemia no país, chegará a 12. Foram confirmados 1.296 casos no total.

A reunião do gabinete ministerial discutiu as ações de combate ao coronavírus em um dia em que o país entrou na chamada "fase três" das medidas de isolamento social, que permite, entre outras atividades, a reabertura de restaurantes, embora com limitações no número de clientes.

Últimas