Novo Coronavírus

Internacional Paraguai volta a zerar número de mortes diárias por covid-19

Paraguai volta a zerar número de mortes diárias por covid-19

País superou a marca de 1.000 testes diários de diagnóstico neste domingo. Boletim do governo aponta que 307 pessoas infectadas já estão curadas

  • Internacional | Da EFE

Paraguai deve iniciar segunda fase do relaxamento de medidas de contenção

Paraguai deve iniciar segunda fase do relaxamento de medidas de contenção

Presidência do Paraguai / Divulgação via EFE - 4.5.2020

O Paraguai voltou a não registrar mortes em decorrência da covid-19, em boletim apresentado neste domingo (24) pelo ministro da Saúde Pública do país, Julio Mazzoleni, enquanto houve 12 casos positivos de infecção.

Leia mais: Argentina estende bloqueio obrigatório para Buenos Aires

No total, a quantidade de óbitos permanece em 12, enquanto o contágio é de 862.

Além disso, o Paraguai superou neste domingo a marca de 1.000 testes diários de diagnóstico, o que atinge um dos objetivos estabelecidos pelo governo ainda no início da pandemia da covid-19.

Segundo o boletim diário do governo do Paraguai, 307 pessoas que foram infectadas, já são consideradas curadas.

Leia mais: América do Sul é um novo epicentro da pandemia, diz OMS

Neste domingo, foram divulgados detalhes do decreto do presidente, Mario Abdo Benítez, sobre a entrada na segunda fase do relaxamento de medidas de contenção ao contágio.

A nova etapa será iniciada em 15 de junho.

Serão incorporados novos setores da economia entre os que funcionarão presencialmente, diante do controle rígido das curvas de casos e mortes no país.

Leia mais: Reino Unido multará viajantes que se recusarem a seguir quarentena

Entre as novidades, está a abertura dos shoppings, com limitações à compra de produtos.

Bares e restaurantes, além disso, poderão vender, mas não deverão ter os clientes consumindo no local.

Embora as aulas presenciais sigam suspensas, os funcionários do sistema educacional poderão voltar, com limite de 50%.

O uso de máscaras de proteção segue obrigatório no transporte público e nos ambientes fechados, onde também devem ser cumpridas normas de distanciamento social. 

Últimas