Internacional Pela 1ª vez em 10 anos, líderes do Egito e de Israel se encontram

Pela 1ª vez em 10 anos, líderes do Egito e de Israel se encontram

Presidente egípcio e primeiro-ministro de Israel conversarão sobre processo de paz entre israelenses e palestinos

AFP
O presidente egípcio Abdel Fattah al-Sisi se reuniu com o primeiro-ministro israelense Naftali Bennett na cidade egípcia de Sharm El-Sheikh, no Mar Vermelho

O presidente egípcio Abdel Fattah al-Sisi se reuniu com o primeiro-ministro israelense Naftali Bennett na cidade egípcia de Sharm El-Sheikh, no Mar Vermelho

Egyptian Presidency/AFP - 13.09.2021

O Egito, país árabe de maior população e o primeiro a assinar um acordo de paz com Israel, receberá nesta segunda-feira (13) o primeiro-ministro israelense Naftali Bennett, algo inédito em mais de 10 anos, anunciou o governo.

Talibã revisará grade curricular em universidades no Afeganistão

O presidente Abdel Fatah al Sisi conversará com Bennett em Sharm el Sheikh, no Mar Vermelho, sobre "os esforços para reativar o processo de paz" entre israelenses e palestinos, disse o porta-voz da presidência, Basam Radi, em um comunicado.

Com fronteiras no leste com a Faixa de Gaza e Israel, o Egito atuou como mediador em maio para obter o fim da guerra relâmpago entre o Estado hebreu e o movimento islamita Hamas, que controla o território palestino.

Vinculado com Israel por um tratado de paz desde 1979, o Egito recebe representantes do Hamas, assim como de sua rival, a Autoridade Palestina, liderada por Mahmud Abbas, ao mesmo tempo que mantém relações diplomáticas, comerciais e de segurança com o Estado hebreu.

O governante egípcio se reunirá com Bennett, alguns dias após receber o presidente da Autoridade Palestina Mahmud Abbas, retomando assim os encontros que eram frequentes até a revolta popular de 2011 no Egito e inexistentes desde então.

Últimas