Internacional Pentágono insiste em concluir saída do Afeganistão até o fim de agosto

Pentágono insiste em concluir saída do Afeganistão até o fim de agosto

EUA querem concluir a evacuação de civis e militares até o dia 31, apesar de avisos de Biden de um possível atraso

Agência EFE
Porta-voz do Pentágono, John Kirby deu coletiva sobre o Afeganistão nesta segunda

Porta-voz do Pentágono, John Kirby deu coletiva sobre o Afeganistão nesta segunda

Michael Reynolds / EFE - EPA - 23.8.2021

O Pentágono insistiu nesta segunda-feira (23) que pretende concluir a retirada da tropas americanas do Afeganistão até 31 de agosto, apesar de o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, não descartar que o prazo pode ser prorrogado.

Leia também: Afeganistão tem 10 milhões de crianças necessitando de ajuda

"Estamos focados em terminar isto no final do mês", declarou o porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA, John Kirby, em entrevista coletiva em Washington.

Kirby disse que o Pentágono oferecerá opções para que o presidente tome a melhor decisão possível caso seja necessária uma prorrogação do prazo.

Biden afirmou no domingo que espera encerrar a evacuação do Afeganistão no último dia do mês, mas advertiu que as atividades podem ser prorrogadas devido à periculosidade no aeroporto de Cabul e ao risco de ataques terroristas.

"Há discussões sobre a prorrogação. A nossa esperança é que não tenhamos de fazer isso", disse Biden na Casa Branca.

De acordo com dados fornecidos pelo Departamento de Defesa nesta segunda-feira, 5.800 soldados americanos estão mobilizados no aeroporto para garantir a segurança dos afegãos e colaboradores que estão sendo evacuados do Afeganistão desde que os talibãs chegaram ao poder.

Os EUA retiraram 37 mil pessoas do Afeganistão desde 14 de agosto, número que sobe para 42 mil se começar a ser contado a partir do final de julho.

Kirby foi questionado sobre o número exato de americanos evacuados do território afegão, mas não foi capaz de dar um número específico: "Conseguimos evacuar milhares de americanos", explicou.

Por outro lado, confirmou que nenhum soldado americano ficou ferido no incidente armado da noite passada no portão norte do aeroporto internacional Hamid Karzai, onde um policial afegão foi morto e vários ficaram feridos.

O porta-voz disse que havia "um ator hostil desconhecido" sem fornecer mais detalhes. Antes, o Exército alemão reportou o incidente sem se pronunciar sobre quem foi o responsável pelo ataque.

Últimas