Brexit: Reino Unido fora da União Europeia
Internacional Petição para cancelar o Brexit supera 6 milhões de assinaturas

Petição para cancelar o Brexit supera 6 milhões de assinaturas

Em cumprimento da legislação vigente, o pedido será debatido amanhã pelos deputados, mas isto será apenas um ato simbólico

Deputados vão debater o tema simbolicamente

Deputados vão debater o tema simbolicamente

Toby Melville/Reuters - 29.3.2019

O pedido lançado na internet para cancelar o Brexit com a revogação do artigo 50 do Tratado de Lisboa superou neste domingo a marca de 6 milhões de assinaturas, o que a transforma na demanda popular mais votada no Reino Unido.

Em cumprimento da legislação vigente, o pedido, impulsionado pela britânica Margaret Anne Georgiadou no site de pedidos ao governo e ao parlamento, será debatido amanhã pelos deputados, mas isto será apenas um ato simbólico, pois não existirá uma votação a respeito.

Em sua resposta aos signatários da solicitação, o governo afirmou há poucos dias que não tem qualquer intenção de revogar o artigo 50, cuja ativação em 29 de março de 2017 iniciou dois anos de negociações com Bruxelas para a saída do país da União Europeia (UE).

"Honraremos o resultado do referendo de 2016 e trabalharemos com o parlamento para aprovar um acordo que assegure a saída da União Europeia", disse o governo, que acrescentou que a revogação do artigo "solaparia a democracia".

O Reino Unido deveria ter deixado o bloco europeu na sexta-feira, 29 de março, mas solicitou uma prorrogação do prazo porque a Câmara dos Comuns do parlamento ainda não aprovou um acordo de saída.

A primeira-ministra, Theresa May, planeja submeter seu acordo à votação pela quarta vez nesta semana, após três derrotas anteriores, enquanto os deputados tentarão estabelecer um caminho alternativo amanhã através de votações indicativas.

Em 2016, uma petição que reivindicava a realização de um segundo referendo, depois do que deu a vitória ao Brexit, reuniu 4,2 milhões de assinaturas.