Novo Coronavírus

Internacional 'Pior experiência da minha vida', diz Silvio Berlusconi sobre covid

'Pior experiência da minha vida', diz Silvio Berlusconi sobre covid

O líder conservador está internado desde a última sexta-feira (4) no Hospital San Raffaele, em Milão, o mesmo onde operou o coração

  • Internacional | Ansa

Berlusconi foi primeiro-ministro da Itália e exerce hoje o cargo de eurodeputado

Berlusconi foi primeiro-ministro da Itália e exerce hoje o cargo de eurodeputado

Reuters/Alessandro Bianchi/5.4.2018

Internado com covid-19 há quase uma semana, o ex-primeiro-ministro da Itália Silvio Berlusconi afirmou nesta quarta-feira (9) que a doença é a "pior experiência de sua vida".

A revelação foi feita durante uma teleconferência com deputados de seu partido, o Força Itália (FI), de centro-direita. "É um vírus terrificante que não desejo a ninguém, fiquem atentos a tudo e usem máscara", disse o ex-premiê, segundo pessoas que participaram da reunião.

Leia mais: Novo coronavírus: Itália prorroga decreto com restrições até outubro

"Trata-se da pior experiência da minha vida", acrescentou Berlusconi. Apesar disso, o quadro clínico do ex-primeiro-ministro de 83 anos tem evoluído de maneira favorável. "Hoje é um momento de particular bem-estar", explicou. Na última terça, ele já havia definido a Covid-19 como uma "doença infernal".

O líder conservador está internado desde a última sexta-feira (4) no Hospital San Raffaele, em Milão, o mesmo onde passou por uma delicada cirurgia no coração há pouco mais de quatro anos. Sua namorada, a deputada Marta Fascina, e seus filhos Barbara, Luigi e Marina também testaram positivo.

Berlusconi governou a Itália em três mandatos (1994-1995, 2001-2006 e 2008-2011) e, após ter passado seis anos inelegível devido a uma condenação por fraude fiscal, exerce hoje o cargo de eurodeputado.

O ex-primeiro-ministro ainda responde a diversos processos por corrupção de testemunhas, acusado de ter subornado garotas de programa para mentir nos tribunais em seu favor.

Últimas