Internacional Polícia prende suspeito de atacar asiática em NY

Polícia prende suspeito de atacar asiática em NY

A vítima caminhava quando um homem se aproximou dela, empurrou-a e chutou sua cabeça várias vezes antes de ir embora

  • Internacional | Da AFP

Mike Segar/Reuters - 30.3.2021

A polícia de Nova York prendeu, na madrugada desta quarta-feira (31), um suspeito de ter agredido uma asiática em Manhattan, a mais recente de uma série de agressões contra membros dessa comunidade nos Estados Unidos.

O ataque, filmado por câmeras de vigilância, ocorreu perto da Times Square na segunda-feira (29). A vítima, uma mulher de 65 anos, caminhava quando um homem se aproximou dela, empurrou-a para o chão e chutou sua cabeça várias vezes antes de ir embora.

A polícia anunciou no Twitter a detenção do suspeito, acusado de agressão como crime de ódio. Seu nome não aparece no tuíte, mas, de acordo com os jornais americanos, o homem seria Brandon Elliot, de 38 anos.

A vítima, cuja identidade não foi divulgada, foi hospitalizada com uma fratura no quadril e vários ferimentos, disse a polícia. Sua condição era estável na terça-feira. 

O agressor proferiu insultos racistas contra sua vítima, segundo a polícia. A unidade especializada neste tipo de crime está encarregada da investigação.

O vídeo também mostra um homem observando a cena de dentro do prédio, cujas câmeras filmaram o ataque. Outros dois homens chegam logo depois. Quando o agressor se afasta, um deles fecha a porta do prédio sem fazer nada para ajudar a mulher, que está deitada no chão.

Assim como em outras metrópoles americanas, Nova York tem visto um aumento na violência contra pessoas de origem asiática nos últimos meses. 

Em 15 de março, um homem matou oito pessoas a tiros, incluindo seis asiáticas, em vários spas na área de Atlanta.

O Departamento de Polícia de Nova York (NYPD, na sigla em inglês) reforçou sua presença em bairros com uma grande população asiática, e patrulhas voluntárias foram formadas para tranquilizar seus moradores. 

Várias manifestações em solidariedade a este setor da população têm sido realizadas com a presença de personalidades, entre elas o influente reverendo Al Sharpton e candidatos a prefeitura de NY.

Nova York tem mais de um milhão de habitantes de origem asiática. 

Na semana de 15 a 21 de março, a polícia registrou nove crimes "motivados pelo ódio", contra três no mesmo período de 2020, de acordo com estatísticas oficiais.

Últimas