Internacional Policiais matam homem que ameaçava ataque com faca em estação de trem de Paris

Policiais matam homem que ameaçava ataque com faca em estação de trem de Paris

Segundo a polícia, faca de 30 cm tinha a sigla ACAB (All cops are bastards), "todos os policiais são bastardos", em português

  • Internacional | Do R7

Policiais mataram um homem que os atacou com uma faca na estação Gare du Nord

Policiais mataram um homem que os atacou com uma faca na estação Gare du Nord

Reuters - 14.02.2022

Dois policiais mataram nesta segunda-feira (14) a tiros um homem depois que foram ameaçados por ele com uma faca em uma estação ferroviária de Paris, Gare du Nord.

O homem estava com uma faca de 30 cm com a sigla "ACAB" ("All cops are bastards", "todos os policiais são bastardos"), segundo a polícia.

O ministro do Interior, Gérald Darmanin, afirmou que a operação aconteceu às 7h locais, quando os policiais patrulhavam a estação.

"Os policiais usaram suas armas para evitar qualquer perigo para eles mesmos e para os viajantes", escreveu Darmanin no Twitter.

Um jornalista dos canais públicos France Télévisions, presente na estação no momento dos acontecimentos, postou um vídeo nas redes sociais, no qual se ouvem dois tiros.

O agressor era "a priori alguém conhecido pelos serviços policiais por vagar pela estação", disse o ministro dos Transportes, Jean-Baptiste Djebbari, à rádio RMC. Segundo uma fonte policial, o homem, nascido em 1991, não estava registrado.

No início da manhã, a liderança terrorista foi descartada. A Promotoria Nacional Antiterrorista indicou que não se encarregou da investigação.

Em comunicado, a Aliança, um dos principais sindicatos policiais, qualificou o homem como um "terrorista anti-policial" e considerou que o atentado mostra "mais uma vez" o risco que os agentes correm na sua missão diária.

O ataque ocorre no meio da campanha para as eleições presidenciais de abril. Rivais de direita e extrema-direita do presidente liberal Emmanuel Macron, que ainda não anunciou sua tão esperada candidatura, frequentemente atacam o que consideram a insegurança na França.

França lembra seis anos dos atentados terroristas em Paris

Últimas