Internacional Policial confessa ter mentido em depoimento após agredir estudante

Policial confessa ter mentido em depoimento após agredir estudante

Vídeo de câmera de segurança da escola mostra segurança abordando aluno, que passava pelo corredor, e o jogando contra uma parede

Policial confessa ter mentido em depoimento após agredir estudante

Policial aparece empurrando rapaz contra parede

Policial aparece empurrando rapaz contra parede

Reprodução/ Twitter @ScottHech

O policial norte-americano Angel Marrero admitiu ter mentido em depoimento, depois de alegar ter sido agredido por um estudante na Escola Secundária de Comércio em Massachussetts, nos Estados Unidos.

Em dezembro, o policial prendeu um estudante, cujo nome não foi divulgado, e disse em depoimento que foi atacado pelo jovem. Segundo Marrero, o rapaz teria lhe empurrado e atacado, e por isso ele precisou detê-lo.

Vídeos de câmeras de segurança, no entanto, provam que o depoimento inicial de Marrero é falso. Nas filmagens, um garoto negro passa por ele no corredor, quando o policial o chama e o ataca. Em segundos, ele empurra o garoto contra uma parede e o segura no lugar. Outras testemunhas também afirmam que Marrero o agrediu verbalmente e ameaçou espanca-lo.

Segundo informações obtidas pelo portal MassLive, o policial explicou para investigadores que ele mentiu sobre atacar o rapaz. Ele também afirmou ter um comportamento excelente no departamento e nunca ter recebido nenhuma reclamação.

No depoimento inicial, ele afirma que o rapaz teria acertado ele com uma cotovelada. O vídeo comprova que o garoto não o atacou e nem o agrediu. Depois de ter sido empurrado contra a parede, outro adulto aparece na cena tentando intervir.

O caso aconteceu no dia 3 de dezembro de 2018, mas o vídeo caiu nas redes sociais no final de fevereiro. O caso ainda está sendo investigado.