Novo Coronavírus

Internacional Portugal supera pelo 3º dia seguido 6 mil casos de infecção por covid

Portugal supera pelo 3º dia seguido 6 mil casos de infecção por covid

A região norte de Portugal segue sendo a mais afetada pela segunda onda de contágio do novo coronavírus, somando mais de 30% do total do país 

  • Internacional | Da EFE

Polícia faz controle de pessoas perto do Castelo do Queijo, próximo a Porto

Polícia faz controle de pessoas perto do Castelo do Queijo, próximo a Porto

ESTELA SILVA/ EPA/ EFE / 30.10.2020

Portugal registrou neste domingo (15) mais 6.035 casos de infecção pelo novo coronavírus, o que aumenta para três dias a sequencia de contágio acima da barreira dos 6 mil, que só foi superada nessa semana desde o início da pandemia da covid-19.

Ontem, as autoridades locais indicaram a notificação de 6.602, enquanto na sexta-feira (13) o número foi de 6.653, o maior já contabilizado no território luso.

Leia mais: Em meio a protestos, Portugal inicia toque de recolher

Ainda de acordo com o boletim apresentado hoje, a quantidade de mortes em Portugal por covid-19 chegou a 3.381, com as 76 confirmadas nas últimas 24 horas.

Segundo as autoridades portuguesas, há no país em torno de 89 mil casos ativos de infecção. Além disso, os hospitais seguem com alta no número de pacientes internados, que aumentou em 131 e chegou a 2.929.

Já nas unidades de terapia intensiva há 415 pacientes, dois a mais do que o divulgado ontem.

A região norte de Portugal segue sendo a mais afetada pela segunda onda de contágio do novo coronavírus, somando mais de 30% de todos os casos confirmados nas últimas 24 horas. Em seguida, aparecem Lisboa e o Vale do Tejo.

Leia mais: Parlamento de Portugal aprova volta ao estado de emergência

Ao todo, 114 municípios, incluindo Lisboa e Porto, estão em regime de toque de recolher, que é iniciado nos fins de semana ás 13h e perdura até às 5h do dia seguinte. De segunda à sexta-feira, a medida vale de 23h às 5h.

A partir de amanhã, com a entrada de mais municípios na lista daqueles com alta incidência de casos, serão 191 com o confinamento parcial vigorando.

Últimas