Novo Coronavírus

Internacional Portugal tem menor número de casos de covid-19 desde agosto

Portugal tem menor número de casos de covid-19 desde agosto

País registrou 193 pessoas infectadas neste domingo (4) e vai entrar em nova fase de desconfinamento nesta semana

  • Internacional | Da EFE

Portugal vai entrar em nova fase de desconfinamento nesta segunda-feira (5)

Portugal vai entrar em nova fase de desconfinamento nesta segunda-feira (5)

EFE/Irene Barahona

Portugal registrou neste domingo  (4) mais 193 casos de infecção pelo novo coronavírus, o número de notificações diárias mais baixo no país desde agosto do ano passado, na véspera do início da segunda fase do plano de relaxamento de medidas restritivas impostas para conter a pandemia da covid-19.

De acordo com o boletim apresentado pela Direção Geral de Saúde (DGS) , foram contabilizadas hoje novas quatro mortes ocasionadas pela infecção pelo patógeno.

A quantidade de positivos registrada hoje é a mais baixa desde 25 de agosto, quando 192 testes de detecção confirmaram a presença do novo coronavírus em habitantes de Portugal.

A baixa deste domingo nos casos pode ser explicada pelo menor número de exames realizados ontem, primeiro dia do fim de semana, e sexta-feira (2), que foi feriado no país.

Ao todo, desde o início da pandemia, foram contabilizados 823.335 positivos para o novo coronavírus, e 16.879 mortes provocadas pela covid-19.

Segundo a DGS, 26.134 casos são considerados ativos atualmente. Nos hospitais, há 517 pessoas internadas com sintomas da covid-19, cinco mais do que ontem. Nas UTIs, são 117 pessoas ocupando leitos, nove a menos do na comparação com a véspera.

Avanço no desconfinamento

A partir desta segunda-feira (5), Portugal entrará na fase número 2 de desconfinamento, depois de um primeiro relaxamento de medidas ocorrido no último dia 15 de março.

Leia mais: Tradicional barco vaporetto vai virar ponto de vacinação em Veneza

Amanhã, voltarão às salas de aula os estudantes de dez a 15 anos, após, na primeira etapa, as crianças de até nove anos de idade terem retornado ao ensino presencial.

Também será autorizada a abertura de pequenos estabelecimentos comerciais, dos museus e academias - que não poderão oferecer aulas em grupo. Além disso, terá fim a proibição de circulação entre cidades do país nos fins de semana.

Últimas